segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Maktub



Relutante ela deu celular.
No dia seguinte ele pensou em ligar, não ligou.
Ela se zangou, esperou... esperou.
E depois de desistir resolveu sair.
Deixou o telefone em casa pra ansiedade não atrapalhar o rolê.
Ó proce vê! Nessa hora o telefone toca, nada de atender.
Ele sentiu desprezo vindo dela abandonou a história e partiu.
Foi colar numa festinha que o chegado chamou,
 fingindo ta nem aí pro bolo que levou.
Mas olha lá, toda linda de longe ela o avistou,
sorriram juntos e o romance se reiniciou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
"Passo longe dos estereótipos de que a mulher tem que ser meiga, delicada, submissa. Não tenho medo das coisas, do que vão falar. Mas tenho um lado mulherzinha de fazer as unhas e pintá-las de rosa. Sei ser delicada, carinhosa. Eu sou tudo. Cansei dessa obrigação de ser uma coisa só. "